14.6 C
Porto Alegre
2 de julho de 2022

Aluna é presa por colocar fogo no corpo de colega em escola após sofrer bullying

Uma estudante de 19 anos foi presa na quinta-feira (31) suspeita de colocar fogo no corpo de uma colega, de 17 anos, dentro de uma escola em Goiânia. Segundo a Polícia Militar, o ataque aconteceu após ela sofrer bullying pelo bronzeado.

Testemunhas contaram que a vítima estava na fila da merenda quando a agressora se aproximou pelas costas, jogou álcool na colega e colocou fogo. Funcionários da escola socorreram a aluna e chamaram o Corpo de Bombeiros.

A vítima teve queimaduras de 1º e 2º graus em aproximadamente 70% do corpo. Ela foi levada para o Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). A adolescente está em estado grave e respirando com a ajuda de aparelhos.

“A estudante disse que, um dia antes, a vítima tinha feito comentários pejorativos sobre o seu bronzeamento e, por isso, levou o álcool e facas para a escola. Depois do ataque, ela foi presa rapidamente pela Polícia Militar”, disse o tenente-coronel Ricardo Viana Aguiar, comandante do Batalhão Escolar.

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) disse que está acompanhando o caso, colaborando com a Polícia Civil e oferecendo apoio à família da vítima. Servidores do órgão atuarão no colégio para acompanhar os demais alunos. Uma apuração interna será feita sobre a agressão.

A suspeita foi levada para a Central de Flagrantes, onde foi autuada por tentativa de homicídio. O g1 não conseguiu identificar se ela tem advogado até a última atualização dessa reportagem. Em depoimento, ela disse que jogou álcool e colocou fogo na colega por sofrer bullying na escola.

- Patrocinado -

Artigos Relacionados

Fique conectado

2,758FãsCurtir
2,655SeguidoresSeguir
856InscritosInscrever

Últimas Notícias