Canoas participa de pesquisa nacional para avaliar prevalência de Covid-19 na população

Canoas está entre os municípios brasileiros que irão participar da Pesquisa de Prevalência de Infecção por Covid-19 no Brasil (PrevCov), promovida pelo Ministério da Saúde. O estudo soroepidemiológico irá gerar um mapa detalhado da transmissão e comportamento da doença no país e servirá de base para criar novas estratégias de prevenção e combate. A fase de coleta de amostras de sangue dos moradores deve começar nos próximos dias. A data será comunicada pela Secretaria Municipal da Saúde.

O trabalho está dividido em três etapas. Na primeira, finalizada em agosto, o Ministério da Saúde entrou em contato com os cidadãos selecionados. Além de confirmar a participação no estudo, foi realizada entrevista por telefone e agendada a coleta de material biológico (sangue) dos moradores da residência. A segunda fase, que está em andamento, compreende a coleta, processamento e transporte desse material, pelo laboratório contratado, com previsão de conclusão em 30 de setembro. A terceira e última etapa compreende a análise das amostras e consolidação dos dados pela Fiocruz. 

Em Canoas, cerca de 400 residências serão visitadas pelos pesquisadores a partir da próxima semana. Deverão ser coletadas amostras de sangue de todos os moradores dos endereços selecionados que aceitarem participar do estudo. A realização da análise sorológica permitirá verificar se já foram infectados pelo coronavírus ou não. Os participantes foram escolhidos a partir dos dados da PNAD Covid-19, pesquisa nacional por amostra de domicílios realizada pelo IBGE. Em todo o país, serão 274 cidades participantes. 

O secretário municipal da Saúde, Maicon Lemos, destaca a importância de os moradores selecionados participarem da pesquisa  “Através de exames específicos para identificar a covid-19 vamos melhor compreender o efeito da pandemia e planejar as ações de prevenção e mitigação da doença”, afirma. 

Fonte: Escritório de Comunicação – PMC

Deixe um comentário