Contas rejeitadas pelo TCE podem inviabilizar candidatura de Douglas Fontana à Prefeitura de Espumoso.

Contas rejeitadas pelo TCE podem inviabilizar candidatura de Douglas Fontana à Prefeitura de Espumoso.

O tribunal de Contas do Estado analisou as contas de Espumoso (2017) e deu parecer para que as contas da prefeitura fossem rejeitadas. Processo votado por unanimidade, apenas um recurso permite a viabilidade da candidatura do atual prefeito Douglas Fontana.

As contas de 2018 estão em situação mais grave ainda, a situação financeira do município piorou. Não podemos esquecer que também será analisada a aquisição da área para a Pamparáfia.

O prefeito ficou mais de 3 anos criticando em programas de rádio a administração anterior. E em suas palavras, reiterava que havia recebido a Prefeitura em situação financeira calamitosa, porém, logo que venceu, não se ouviu falar mais em nada, e parecia que estava tudo indo bem. Conforme análise dos técnicos do Tribunal de Contas, as finanças da Prefeitura de Espumoso pioraram em 66,34% do último ano da administração anterior (2016) comparado ao primeiro da atual administração (2017).

Muito lentamente, principalmente em função da Pandemia, o Tribunal de Contas está encaminhando providências. Infelizmente o Ministério Público, em Espumoso, nada fez até o momento diante das graves irregularidades praticadas pelo grupo que, atualmente, administra o Município.

Como estratégia eleitoreira, estão tentando passar o período eleitoral sem julgamento final.

Parecer do Tribunal de contas:

Deixe um comentário

Envie um Comentário