CPI dos Fundos de Pensão é uma farsa e o relator é um deputado da banda podre do MDB

CPI dos Fundos de Pensão é uma farsa e o relator é um deputado da banda podre do MDB

A PF e o MPF já não têm mais dúvidas. O relator da CPI dos Fundos de Pensão na Câmara dos Deputados, Sérgio de Souza, do MDB do Paraná, recebeu mais de R$ 3 milhões para livrar a cara de empresários, políticos e dirigentes da Funcef, Petros e o fundo dos Correios. Não foi sem razão que de última hora o relator tirou de indiciamento o ex-presidente Lula e a ex-presidente Dilma. Ocorre que o doleiro Lúcio Funaro já tinha prestado depoimento na PF e o ministro do STF Celso de Mello ao ordenar a ação da PF o fez com convicção. Neste país não sobra nada em CPI.  A grande parte das CPIs são um balcão de negócios para enriquecer políticos safados!!!

Na última segunda-feira (21/10) a PF deflagrou a Operação Grand Bazaar, para desarticular esquema criminoso de pagamento de vantagens indevidas a parlamentar federal por pessoas envolvidas em fraudes a fundos de pensão. O alvo principal da operação é o deputado safado Sérgio Souza, da banda podre do MDB. O deputado safado é o paranaense Sérgio Souza. O mais “incrível” é que o MDB colocou um ladrão para ser o relator da CPI dos Fundos de Pensão… Colocaram a raposa para cuidar do galinheiro!!! Pode???

Deixe um comentário

Envie um Comentário