Direção de Simers se reúne com secretário da Saúde de Porto Alegre Mauro Sparta para tratar do realinhamento salarial dos médicos municipários

A direção do Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) voltou a se reunir, no início da noite da última terça-feira, 27, com o secretário da Saúde de Porto Alegre, Mauro Sparta, e equipe, no prédio da Secretaria. O encontro foi para o retorno do pedido de realinhamento salarial dos médicos municipários, proposto pela entidade no final de maio. Neste período, os técnicos da secretaria fizeram os cálculos de impacto financeiro com o atendimento da solicitação: reposição de 16,44%, mais insalubridade em grau máximo para todos os profissionais que tenham contato com pacientes, equiparação do salário base da categoria a 30% do piso FENAM e realinhamento da GIM para proporcionalidade entre os regimes de trabalho. 

O secretário Sparta, que em sua apresentação esteve acompanhado pelo diretor Administrativo da SMS, Paulo Guimarães, e pelo coordenador de Gestão de Pessoas da SMS, José Francisco dos Santos, disse que o estudo será ampliado e apresentado ao prefeito Sebastião Melo, em reunião onde será convidado o Simers. “Fizemos um estudo parcial, em cima do pedido do Simers de recomposição salarial para os médicos. Pretendemos concluí-lo e oportunamente, com a presença do Simers, levá-lo ao prefeito Sebastião Melo e esperamos ter sucesso”, afirma Sparta. O secretário da Saúde acrescenta “não se tratar de uma repactuação, mas sim uma recomposição do salário dos médicos que está extremamente defasado com o passar do tempo e as recomposições que não foram feitas no passado”.

Com relação ao pedido do Sindicato para que seja reconhecido como o legítimo representante dos médicos servidores municipais de Porto Alegre, o secretário disse que o assunto foi encaminhado para análise da Procuradoria Geral do Município (PGM) e aguarda o posicionamento.

O Simers, que considerou positiva a reunião, esteve representado pelo presidente e vice-presidente, respectivamente Marcelo Matias e Marcos Rovinski, e pela diretora e coordenadora do Núcleo de Médicos Municipários, Lizia Mota, além das assessorias política e jurídica.

Fonte: Assessoria da Comunicação do Simers

Deixe um comentário