Figurão do Conselho de Engenharia da Bolívia cobrava R$ 30 mil para fabricar atestados técnicos com rapidez...

Figurão do Conselho de Engenharia da Bolívia cobrava R$ 30 mil para fabricar atestados técnicos com rapidez...

Os atestados técnicos serviam para médios e grandes empreiteiros de estradas bolivianas entrarem nas milionárias licitações/concorrências…

O valor para cada atestado técnico era de “30 mil pesos bolivianos” (Entenderam?). O Figurão atualmente ocupa um alto cargo no governo de um importante estado boliviano indicado por um deputado com grandes problemas na Justiça Eleitoral…

A venda de atestado era praxe no Conselho de Engenharia da Bolívia… O figurão que vendia os atestados era o tal de Engº Mel Korr Upicion…

Os empreiteiros subornadores faziam estradas de “ótima qualidade”. A foto da matéria mostra a “qualidade” das estradas bolivianas…

A Sabujada Boliviana do Conselho e os empreiteiros ganharam muito!!!

Deixe um comentário

Envie um Comentário