Funchal: É difícil uma prorrogação do auxílio emergencial ser crédito extraordinário

Em entrevista à CNN, secretário especial do Tesouro e Orçamento explicou que a situação atual não se trata de uma “hipótese específica” para se enquadrar nas exigências de crédito extraordinário.
O secretário especial do Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Bruno Funchal, afirmou que em uma prorrogação do auxílio emergencial é difícil o enquadramento como crédito extraordinário.

Deixe um comentário