Jomhédica Norte foi vítima de calúnia e difamação sobre casos de corrupção no Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo. Jomhédica é uma empresa ilibada

Jomhédica Norte foi vítima de calúnia e difamação sobre casos de corrupção no Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo. Jomhédica é uma empresa ilibada

A empresa Jomhédica Norte Produtos Médicos Hospitalares, pessoa jurídica de direito privado, CNPJ nº 02429547/0001-32, estabelecida na Rua Visconde do Herval, 1220, Azenha, Porto Alegre, não é citada pela Operação Círculo de Willis da Polícia Federal, conforme foi indevidamente anunciada na imprensa de Passo Fundo, onde estaria envolvida e investigada entre as empresas que fornecem material hospitalar utilizado em neurocirurgias do SUS. A matéria indevida refere, ainda, “fornecedora de molas (stens neurológicos) nacionais.

A JOMHÉDICA é uma das principais empresas do ramo no Sul do país. É uma empresa ilibada e não é investigada na Operação Círculo de Willis (e em nenhuma outra operação) não fornece e nunca forneceu STENT NEUROLÓGICO (MOLAS) ao SUS, nada sabendo sobre tal investigação, sendo um enorme equívoco a associação do seu nome em referida operação policial, nada existindo contra a JOMHÉDICA.

Tal estranho fato decorre de calúnia e difamação anônima do ano de 2018, que induziu em erro anterior INVESTIGAÇÃO POLICIAL, que culminou com a TOTAL ABSOLVIÇÃO dos Sócios Administradores da conceituada Empresa JOHMÉDICA NORTE PRODUTOS MÉDICOS LTDA., com fundamentação em SENTENÇA DA JUSTIÇA FEDERAL DE PASSO FUNDO, que declarou a total inexistência da prática de CRIME na relação comercial estabelecida com o HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULO, consoante consta nos autos do processo 1105007185.53.2018.4.04.7104/RS, da 3ª Vara Federal de Passo Fundo, que transitou em julgado, sem recurso do MPF, A JOMHÉDICA e seus Sócios Administradores, na verdade foram vítimas de calúnias e difamações anônimas.

Deixe um comentário

Envie um Comentário