20.7 C
Porto Alegre
8 de dezembro de 2021
-Patrocinado-spot_img

O aquecimento global e o inverno do Polo Sul o mais frio da história

Enquanto a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional Americana (NOAA) considerou julho de 2021 o julho mais quente da Terra em 142 anos nos registros, as temperaturas recentes na Antártica , o continente mais frio do planeta, estão mais geladas do que nunca. Na verdade, o período de escuridão polar de 2021, de abril a setembro, foi o mais frio já registrado perto do Polo Sul.

O Dr. David Bromwich, do Centro de Pesquisa Polar e Climática Byrd da Ohio State University, disse que o registro é baseado em leituras diretas de temperatura na Estação do Polo Sul Amundsen-Scott.

“As medições de satélite começaram no final da década de 1970, portanto esta não é uma fonte que pode ser consultada”, escreveu ele por e-mail.

“Não consultamos nenhuma outra estação.”

As temperaturas caíram para uma média recorde de quase 62 graus negativos entre abril e setembro, de acordo com o National Snow & Ice Data Center (NSIDC).

Em 9 de outubro, a CNN divulgou uma história com a manchete : “Os últimos 6 meses da Antártica foram os mais frios já registrados”.

Este título, que exagerou o escopo geográfico do frio recorde, pode ter sido baseado em uma versão anterior da declaração do NSIDC, que afirmava que as temperaturas “no continente Antártico” estavam entre as mais frias registradas neste inverno antártico (junho, julho e Agosto) e o mais frio já registrado de abril a setembro.

O NSIDC divulgou esclarecimentos sobre esse ponto em 13 de outubro, alterando “no continente Antártico” para “para o interior do continente Antártico, especificamente a região próxima ao Polo Sul”.

“O frio incomum foi atribuído a dois longos períodos de ventos circundantes mais fortes do que a média ao redor do continente, que tendem a isolar a camada de gelo das condições mais quentes”, diz a declaração do NSIDC. “Um forte vórtice polar na alta atmosfera também foi observado, levando a um buraco de ozônio significativo.”

O inverno extremamente frio chega apenas um ano e meio depois que uma estação de pesquisa da Antártica, a base argentina Esperanza na península mais ao norte do continente, atingiu um novo recorde de alta temperatura para o continente: 18,3°C, em 6 de fevereiro de 2020.

Esse registro foi formalmente reconhecido pela World Meteorological Association (WMO) em julho de 2021.

Outros comentaristas destacaram uma tendência mais ampla de resfriamento no continente Antártico, incluindo sua península, nas últimas décadas.

E agora? Resfriamento ou aquecimento global?





Artigos Relacionados

Fique conectado

2,758FãsCurtir
2,655SeguidoresSeguir
856InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias