20.7 C
Porto Alegre
8 de dezembro de 2021
-Patrocinado-spot_img

O escândalo/roubalheira em Canela perturba o presidente da Assembleia, o Gabrielzinho

A operação que investiga fraudes em obras e rachadinha na Prefeitura de Canela, onde o Secretário de Obras Luís Cláudio Silva e o presidente da Câmara de Vereadores de Canela, Alberi Galvani Dias (MDB) foram presos no dia 8/11, atinge e perturba profundamente o presidente da Assembleia gaúcha.

Alberi Galvani Dias – Presidente da Câmara Municipal de Canela (preso)
Luís Cláudio Dias – Secretário de Obras de Canela (preso)

Todos os presos são do grupo político do Gabrielzinho. O prefeito da cidade, Constantino Orsolin (MDB) também é do grupo político do atual presidente da Assembleia Legislativa do RS. Durante o andamento da operação do MP, o presidente Gabrielzinho não escondia seu nervosismo e perturbação. Dizem que teve que tomar alguns comprimidos de Rivotril para se acalmar. Afinal de contas, é seu grupo político que sendo desmontado por praticar atos ilícitos em Canela, né?

Constantino Orsolin – Prefeito de Canela (não foi preso)
Vilmar Santos – Interventor do Hospital de Caridade (preso)

O interventor do Hospital de Caridade de Canela, Vilmar Santos também foi preso. Um suplente de vereador do PTB de Taquara também está nervoso. O suplente de Taquara que já é investigado pela PF por receber mensalinho do ISEV, tem motivos para ficar nervoso, viu? Dizem que ele era um “assessor especial” do Vilmar Santos, um dos que foi preso.





Artigos Relacionados

Fique conectado

2,758FãsCurtir
2,655SeguidoresSeguir
856InscritosInscrever
- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias