16.5 C
Porto Alegre
14 de agosto de 2022
-Patrocinado-

Polícia Federal indicia 7 pessoas acusadas por desvios milionários no Instituto do Câncer do HSVP de Passo Fundo com verbas do SUS

O Site foi o primeiro que fez denúncias contra os esquemas dentro do HSVP em 2017, viu?

A investigação e o indiciamento é decorrente da Operação Efeito Colateral II realizado no Hospital São Vicente de Paulo de Passo Fundo, pela PF, no ano de 2018.

O esquema apontou que quatro médicos oncologistas, parceiros do médico Alberto Kaemmerer  criaram dentro do HSVP, um Instituto do Câncer. O grupo é acusado de um desvio de R$ 14,3 milhões, sendo a “renda variável” corresponderia a R$, 5,5 milhões. Cada médico recebia R$ 100 mil mensais, o que é um valor exorbitante para os padrões do HSVP. A remuneração fixa (100 mil) era acrescida de uma renda variável que propiciaria a participação no faturamento dos quatros oncologistas, mediante alíquotas percentuais sobre internações, APLICAÇÃO DE MEDICAMENTOS QUIMIOTERÁPICOS, exames e procedimentos de alta complexidade bancados pelo SUS. Será que o IPÊ SAÚDE não vai investigar os gastos que pagou para o tal Instituto? É uma pergunta que não quer calar, né? A UNIMED Planalto Médio vai investigar seus gatos com oncologia dentro do HSPV?

Entre 2017 a 2018, o grupo recebeu do HSVP o montante de R$ 14,3 milhões, sendo que a “renda variável” correspondeu a valores de mais de R$ 5,5 milhões (só do SUS). Todos os indiciados tiveram seus bens bloqueados.

No dia 05/04/2017 é inaugurado o Instituto do Câncer Hospital São Vicente – Ao descerrar a placa de inauguração, o presidente do HSVP Décio Ramos de Lima, o superintendente executivo do HSVP, Ilário De David, o superintendente médico e de pós-graduação do HSVP e diretor executivo do Instituto Dr. Alberto Kaemmerer e o oncologista e diretor adjunto do Instituto do Câncer Dr. Rodrigo Villarroel.

O inquérito policial foi relatado, apontando a responsabilidade de sete investigados (cinco médicos, um superintendente executivo e um gerente financeiro da entidade), indiciados como incursos no artigo 312 do Código Penal (crime de peculato), sendo encaminhado ao Ministério Público Federal para análise e decisão sobre o oferecimento de denúncia à Justiça Federal.

Ilário Jandir De David – O Ilário Jandir De David foi recentemente agraciado pela Câmara Municipal de Vereadores de Passo Fundo com o Título de Cidadão Honorário de Passo Fundo pelos seus “relevantes” serviços no HSVP… Pode Arnaldo César Coelho?

Dizem que o senhores Ilário De David e Leonir de Marco (estão entre os indiciados). O Site afirma que os médicos Alberto Kaemmerer e o oncologista Rodrigo Villarroel foram indiciados. Outra indiciada é a médica Moema Nenê dos Santos. O nome dos outros 2 indiciados serão revelados pelo Site em breve, viu?

O Site sabe que o desmonte do esquema em Passo Fundo é só o começo de fortes ações que a competente PF gaúcha fará nos próximos meses contra ladrões do SUS. Teremos novidades, viu?

NOVAS E ROBUSTAS OPERAÇÕES ESTÃO SENDO PREPARADAS PELA POLÍCIA FEDERAL NO RS!!!

- Patrocinado -

Artigos Relacionados

Fique conectado

2,758FãsCurtir
2,655SeguidoresSeguir
856InscritosInscrever

Últimas Notícias