PSL e DEM devem anunciar fusão dos partidos no dia 21

A coalizão das duas legendas é iminente, e se encontra em fase final, pode resultar no maior partido do país, com mais de 80 parlamentares

O PSL (Partido Social Liberal) e o DEM (Democratas) devem anunciar a fusão dos partidos no próximo 21 de setembro, em Brasília. Políticos têm feito convites, de forma informal, para a cerimônia.

A união das duas legendas, que se encontra em fase final, pode resultar no maior partido do país, com mais de 80 parlamentares. Isso porque o PSL tem 53 parlamentares na Câmara dos Deputados, e o DEM, 28. Dessa forma, totalizariam 81 deputados. O Site sabe que o pessoal Bolsonarista do novo partido sairia para outra legenda, portanto, o novo partido não teria 81 deputados. O novo partido teria é extraordinário tempo de televisão e muita verba partidária.

O novo nome da sigla ainda é analisado. Fontes fidedignas relataram que o número, contudo, deve ser o 25, do DEM – o 17, do PSL, deve ser descartado.

Pinóquio Banco de Imagens e Fotos de Stock - iStock

Quem está desesperado com tal possibilidade é o deputado Pinóquio dos Pampas. O Pinóquio sabe que Bolsonaro não concorrerá pelo provável novo partido. O Site sabe que só partidos nanicos e sem expressão aceitam o desagregador Pinóquio, viu?

Dizem que o presidente do PSL, o deputado federal Luciano Bivar, não quer ver o Pinóquio nem pintado de ouro, viu?

Deixe um comentário