Senador Heinze diz que a bióloga Natalia Pasternak faz exercício ilegal da medicina

Senador Heinze diz que a bióloga Natalia Pasternak faz exercício ilegal da medicina

O senador Luís Carlos Heinze (PP-RS) acusou a bióloga Natália Pasternak, que falou à CPI da Covid do Senado na semana passada, de estar “exercendo de forma ilegal a medicina“. Em seu depoimento, Pasternak criticou o chamado “tratamento precoce” contra a Covid-19, com o uso de medicamentos como cloroquina e ivermectina.

Segundo o Conselho Federal de Medicina e as normas que regulamentam o exercício profissional dos médicos, ao emitir pareceres e opiniões sobre tratamentos clínicos e recomendações de tratamentos médicos, a bióloga está exercendo de forma ilegal a medicina. A bióloga Natália não possui atribuições legais para emitir opiniões sobre tratamentos medicamentosos, fatos esses que limitam várias de suas colocações e conclusões nesta CPI“, afirmou Heinze durante reunião da comissão da CPI da Covid.

Heinze também criticou o que chamou de “ironia” feita por Pasternak a uma fala sua durante a reunião passada da CPI. Na ocasião, o senador disse que o “tratamento precoce” havia sido responsável pela cura de milhões de pessoas; e a bióloga respondeu que os curados também devem ter tomado “o chazinho da vovó“. Para o senador, a fala de Pasternak mostra “um sarcasmo e um desrespeito muito grande com as áreas da medicina e da farmácia, como o uso de plantas medicinais e fitoterápicas“.


Deixe um comentário

Envie um Comentário