Será que o Edital da PPP/Iluminação Pública foi maliciosamente dirigido pelo cara de Bebê Johnson??? Só que ele e seu grupo não previram um concorrente qualificado que venceu... Parte IV

Será que o Edital da PPP/Iluminação Pública foi maliciosamente dirigido pelo cara de Bebê Johnson??? Só que ele e seu grupo não previram um concorrente qualificado que venceu... Parte IV

O Ramiro Rosário ou Ramiro 300 pila, atual secretário de Serviços Urbanos de Porto Alegre, que comanda o lixo, a iluminação pública e o asfalto tem que explicar sua ligação com o consultor/lobista Fernando Freire Dutra (que tem cara de bebê Johnson) que veio de Minas Gerais para “defender” os interesses de uma empresa mineira do ramo da iluminação pública.

O consultor/lobista Bebê Johnson tinha profundas ligações com o 300 pila!!!

O Manager Fernando Freire Dutra ocupou o cargo de Secretário Municipal Adjunto na Secretaria de Parcerias Estratégicas de Porto Alegre, onde foi o responsável por liderar o Programa de Desestatização e Parcerias do Município (PROPAR-POA), que envolveu a estruturação de Projetos de Infraestrutura nas modalidades de PPPs e Concessões. É do ramo!

Será que o Nelson Marchezan Júnior sabe que há fortes indícios que o Edital da PPP/Iluminação foi feito de forma muito “carinhosa” pelo Manager Bebê Johnson que veio de Minas Gerais para “atuar” na Secretaria de Parcerias Estratégicas da Prefeitura de Porto Alegre??? Será que o Nelson sabe que o grupo que ficou em 2º lugar na concorrência tem empresa investigada na Lava Jato???

A 3ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central da Comarca de Porto Alegre deu um despacho que não agradou em nada o Ramiro 300 pila, um advogado da Prefeitura e o Manager que veio de Minas…

Mandado de Segurança nº 5044719-56.2019.8.0001/RS

O Ramiro 300 pila torce freneticamente para que o 2º colocado assine logo o contrato milionário de ILUMINAÇÃO PÚBLICA… O Ramiro 300 pila, um advogado da município, o Manager que veio de Minas e outros torcem para que o Consórcio POA Luz – composto pelas empresas Enel X Brasil, Selt Egenharia, Mobit – Mobilidade, Iluminação e Tecnologia.

O Consórcio vencedor (1º colocado) apresentou uma proposta mais vantajosa, tendo sido declarado vencedor. Só que “inexplicavelmente” foi alijado do processo. Só que ainda existe Leis e um Judiciário sério no Rio Grande do Sul, entendeu Manager? Entendeu Ramiro 300 pila? Entendeu advogado da Prefeitura???

O 300, o Bebê, o advogado só não esperavam ter um concorrente a altura!!! A festa foi estragada pelo 1º colocado!!!

Será que o Nelson sabe disso???

Lei é para ser cumprida, viu 300 pila???

Deixe um comentário

Envie um Comentário